Porto Alegre sediará o Encontro SOBRAC 2018

palestraO Encontro SOBRAC 2018 já tem local e data definidos: Porto Alegre – Rio Grande do Sul, de 3 a 5 de outubro. Confira entrevista com Maria Fernanda de Oliveira, coordenadora geral do evento

Newsletter SOBRAC: Qual sua avaliação sobre o Encontro SOBRAC 2017 e qual a sua expectativa para a realização da próxima edição?

Maria Fernanda de Oliveira: A organização da 27ª edição do Encontro SOBRAC foi primorosa e realmente exemplar não só pela reunião de acadêmicos, mas também pela realização da feira, que nos deu oportunidade de conversar com o mercado. Houve, em paralelo, uma grande satisfação em estar no evento esse ano devido ao cuidado com a realização cos os eventos sociais, que são também muito importantes para a realização de networking e para que possamos rever pessoas que atuam com a acústica em todo o país. O Encontro SOBRAC é sempre uma grande chance de aprendermos, compartilharmos e nos mantermos informados e esta edição não fugiu à regra.

NS: Porque Porto Alegre foi escolhida como cidade sede da edição 2018?

MFO: Porto Alegre foi uma das duas cidades brasileiras selecionadas pela Fundação Rockefeller a participar do Projeto 100 Cidades Resilientes, que tem como objetivo aprimorar a resiliência das cidades, uma vez que nelas hoje já vive a maior parte da população e será nelas que as pessoas mais sentirão os efeitos das mudanças, sejam as climáticas ou sociais. Este é um grande desafio, assumido também por outras cidades como Londres, Nova York, Cidade do México, Medellín e Melbourne. A acústica se insere neste contexto de forma fundamental, pois o combate à poluição sonora é hoje uma das questões mais abordadas mundialmente como um fator de melhoria da qualidade de vida nos grandes centros urbanos.

NS: E qual será o tema do Encontro?

MFO: O tema está sendo definido pela coordenação, mas já é possível afirmar que girará em torno do conceito de cidade resiliente. Estamos pensando em desenvolver o conceito de acústica resiliante, abordando a acústica como um dos fatores de adaptação das metrópoles frente às pressões existentes no mundo moderno, transformando-a numa oportunidade de desenvolvimento e de melhoria da qualidade de vida das pessoas.

NS: Quem faz parte da comissão organizadora?

MFO: O Will D’Andrea, da Faculdade de Engenharia da Universidade Federal de Santa Maria e o Márcio Avelar, da Universidade Técnica Federal do Paraná.

NS: A 28ª edição do Encontro SOBRAC terá alguma novidade?

MFO: Sim. Vamos lançar o 1º Concurso Conrado Silva de Marco, em homenagem póstuma ao professor da Unicamp. Será um concurso estudantil – estamos trabalhando nele e logo vamos divulgar seu edital. Pretendemos também lançar um sistema de artigos digitais, que possibilite compartilhar a produção acadêmica de forma mais ágil. Além disso, temos um objetivo de manter a característica de congregação, unindo profissionais do mercado e do meio acadêmico. Para isso, estamos desenvolvendo um sistema de sessões especiais para representantes das empresas apresentarem seus trabalhos. Esses encontros serão menos acadêmicos, mas certamente tão ricos e produtivos quanto. Mas a grande novidade será a realização de visitas técnicas ao laboratório de acústica do itt performance Unisinos, como parte da programação do evento. Nessas visitas serão testados materiais acústicos de forma prática para pequenos grupos.

NS: Qual seu sentimento pessoal sobre coordenar um evento tão importante para o mercado nacional?

MFO: É uma grande alegria e uma enorme realização pessoal coordenar um evento da SOBRAC por diversos motivos. O primeiro deles diz respeito à escolha da região Sul como sede, pois em 2018 completaríamos 20 anos sem que a região sediasse o Encontro. Portanto, estamos reafirmando a nossa tradição em acústica e reconhecendo, por exemplo, a importância de termos na região o único curso de Engenharia Acústica do país. Pessoalmente, são exatos 20 anos frequentando assiduamente os Encontros da SOBRAC. Então, esta edição tem um gosto especial de retribuição. Aprendi tanto em todos esses anos e agora, de alguma forma, posso devolver em forma de dedicação para a organização do evento.

Anterior Encontro SOBRAC 2017 contou com cobertura do Portal Acústica
Próximo Editora Blucher marcou presença no Encontro SOBRAC 2017

0 comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comentar essa publicação!